Calendário PIS 2017

O PIS (Programa de Integração Social) é um importante programa de Abono Salarial que beneficia anualmente milhares de pessoas e em 2017 a estimativa é que cerca de 22,3 milhões de trabalhadores recebam um salário mínimo extra. O pagamento do abono é feito através do calendário PIS 2017.

Calendário PIS 2017
Calendário PIS 2017 – Datas de pagamento do PIS 2017

O pagamento do PIS é realizado através da Caixa Econômica Federal que é também responsável por divulgar as regras e o calendário anual. As novas regras do PIS 2017 já estão em vigor desde o dia 28 de julho de acordo com a Medida Provisória 665.

Se você é um dos milhares de beneficiários que aguardam com expectativa as datas para a liberação dos pagamentos, saiba que nos próximos parágrafos você encontrará a tabela da Caixa PIS 2017 e ainda saberá como fazer a consulta do benefício e retirar o seu extrato.

Extensão do calendário PIS 2016

Fique atento: o calendário de pagamentos remanescentes do Abono salarial 2016 pode ser feito até o dia 31 de agosto. O prazo anterior era até o dia 30 de junho, mas o prazo acabou sendo prorrogado, pelo baixo número de saques que o benefício teve até prazo final, ele acabou sendo prorrogado.

Calendário PIS 2017: Tabela Atualizada

A nova tabela de pagamentos do PIS 2017/2017 já está em vigor. Os primeiros beneficiados foram os nascidos no mês de julho, que já podem fazer o saque tendo em vista que o abano foi disponibilizado em 28 de julho de 2017. Já os demais pagamentos foram assim organizados:

  • Nascidos em agosto receberão a partir de 18 de agosto de 2016;
  • Nascidos em setembro receberão a partir de 15 de setembro de 2016;
  • Nascidos em outubro receberão a partir de 14 de outubro de 2016;
  • Nascidos em novembro receberão a partir de 21 de novembro de 2016;
  • Nascidos em dezembro receberão a partir de 15 de dezembro de 2016;
  • Nascidos em Janeiro e Fevereiro receberão a partir de 19 de Janeiro de 2017;
  • Nascidos em Março e Abril receberão a partir de 16 de Fevereiro de 2017;
  • Nascidos em Maio e Junho receberão a partir de 16 de Março de 2017.

Como consultar o PIS 2017?

É muito simples e fácil fazer a consulta do seu benefício. Você só precisa acessar esse link da Caixa (www.caixa.gov.br) e informar o número do seu PIS e a sua senha de acesso.

Se, por acaso, você não tiver nenhuma cadastrada é só clicar no botão “Cadastrar Senha”, criar uma e depois fazer a consulta na tela, para verificar todas as informações do seu benefício como, por exemplo, o seu saldo, os benefícios e rendimentos que tem direito e outros dados importantes.

Além do site, você pode realizar a consulta através do aplicativo “Caixa” ou então de forma presencial, com apresentação do seu Cartão Cidadão ou Carteira de Trabalho (página que consta o número do PIS) em uma agência do banco, correspondentes da Caixa ou nas Casas Lotéricas.

Basta solicitar o auxílio de um funcionário que lhe repassará todas as informações e poderá esclarecer todas as suas dúvidas e se desejar poderá pedir a impressão do extrato.

Valor do Caixa PIS 2017

Os trabalhadores que são beneficiários do Abono Salarial recebem um salário mínimo vigente que é pago em uma única parcela. Como o salário de 2017 é de R$ 880,00 e de acordo com as novas regras, o trabalhador receberá o benefício de forma proporcional aos meses trabalhados, semelhante ao pagamento do 13º salário.

Para saber exatamente qual o valor que irá receber do PIS 2017 é só pegar o valor do salário mínimo que é de R$ 880,00 e dividir por 12 meses, cujo resultado deverá ser multiplicado pelo número total de meses trabalhados em 2015. Se, por exemplo, você trabalhar 6 meses irá receber R$ 439,98.

Pensão por Morte

Existem algumas leis na Justiça Brasileira, as quais, são feitas para garantir a proteção dos cidadãos mais fragilizados, os quais, necessitam do Estado para conseguirem ter uma vida digna, por alguma situação específica. Esse é o caso da lei que garante uma Pensão por Morte, que é válida para os dependentes que tinham um segurado no INSS que acabou vindo a falecer. Assim, por exemplo, uma pessoa com 15 anos, a qual, veio a perder o pai e a mãe em circunstâncias da vida, acaba ganhando um valor pago pelo estado até completar 21 anos.

Pensão por morte
Pensão por morte – Regras

Pensão por Morte: Quem tem direito?

Para quem deseja receber esse incentivo do Governo Federal, por meio do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS), é necessário cumprir certos critérios estabelecidos pelo Governo, para um melhor controle em cima desse direito, o qual, algumas pessoas possuem.

Por isso, para quem deseja receber a Pensão por Morte, é necessário cumprir os critérios listados abaixo:

  • Que o falecido tinha direito de segurado junto ao INSS no momento da sua morte e que todas as obrigações estavam pagas corretamente;
  • Que o falecido tenha contribuído junto ao INSS por pelo menos 24 meses. Isso quer dizer, que caso uma pessoa morra ser ter dado dois anos de contribuição junto a previdência, os seus entes ficarão sem o auxílio do Estado;
  • Que a pessoa que morreu não tenha nenhum tipo de incidência criminal junto ao Estado e nenhuma ficha corrida de crimes cometidos

Esses são os principais critérios feitos pelo INSS junto ao Governo Federal para liberar as pensões por mortes para os segurados e as demais pessoas que dependam desse benefício para conseguir ter uma qualidade de vida digna.

Como dar entrada em sua Pensão por Morte

Para quem deseja receber esse incentivo, é bastante simples de dar entrada junto ao Governo requisitando-o. Em primeiro lugar, é necessário marcar online o seu atendimento nos postos do INSS para dar entrada a essa solicitação, dessa maneira, você não precisa perder tempo em filas, chegando no dia marcado já com a documentação em mãos.

Lembrando que os documentos necessários para pedir a sua Pensão por Morte é um documento de identificação com foto, um CPF, além da certidão de óbito e o documento de identificação do falecido.

Com esses documentos, você consegue dar entrada no INSS e o definição sobre esse pedido sai em poucos dias, apenas tendo o tempo de analisar a documentação entregue.

Duração do beneficio

A duração da pensão por morte varia conforme o caso a ser pedido, dependendo do tempo da contribuição do segurado, da idade da pessoa que pede a pensão, por exemplo, para menores de idade, a pensão vale até os 21 anos, independente de quando ela começou a ser paga.

Assim, é necessário analisar quais as características do seu processo de Pensão por Morte, para saber exatamente quanto tempo irá receber esse benefício e assim consiga planejar melhor a sua situação financeira em cima da duração desse direito adquirido.

Como receber Pensão por Morte

O saque da Pensão por morte é feito juntamente com outros benefícios pagos pela Previdência Social, de acordo com a Tabela do INSS 2017. Os pagamentos são feitos segundo calendários diferentes para quem saca 1 salário mínimo e para quem saca benefícios superiores a 1 salário mínimo.

Isenção do Imposto de Renda 2017

O Imposto de Renda 2017 é uma das taxações brasileiras mais importantes que, entre várias funções, tem o objetivo de arrecadar recursos para que o Governo invista em melhorias para toda a sociedade. A declaração do Imposto de Renda é feita basicamente em duas modalidades: pessoa física e pessoa jurídica, a menos que se trate de pessoa com isenção do imposto de renda 2017. Ou seja, é muito importante e obrigatório que todos os cidadãos declarem a Receita Federal os rendimentos que tiveram ao longo do ano, ou seja, comprove que as suas aquisições possuem procedência legal. Contudo, é possível obter a isenção no Imposto de Renda 2017. Quer saber como é feito? Então me acompanhe durante todo este artigo.

Isenção do Imposto de Renda 2017
Isenção do Imposto de Renda 2017

Quem é isento no IRPF 2017?

Como se sabe, os cidadãos que são obrigados por lei a fazer a declaração do Imposto de Renda são aqueles que possuem rendimento mensal superior a R$ 1.999,18. Mas, existem ainda duas outras modalidades que permitem a isenção que são as seguintes:

  • Portadores de CPF que possuem mais de R$ 300 mil em bens e direitos, sendo que parte de seu patrimônio é divido com um companheiro ou conjugue de união estável, cujo relacionamento é em regime parcial de bens;
  • Quando uma pessoa é considerada dependente da outra. Porém ela deve informar os seus rendimentos e bens na declaração do Imposto;
  • Aposentados que tem mais de 65 anos de idade e vivem exclusivamente do seu benefício.

Como Pedir a Isenção de Imposto de Renda 2017

Também podem solicitar a isenção do Imposto, pessoas que sofrem de alguma das doenças listadas abaixo:

  • AIDS;
  • Tuberculose Ativa.
  • Paralisia Incapacitante e Irreversível;
  • Neoplasia Maligna;
  • Nefropatia e Hepatopatia Grave;
  • Hanseníase;
  • Fibrose Cística;
  • Espondiloartrose Anquilosante;
  • Esclerose Múltipla;
  • Doença de Parkinson;
  • Doença de Paget em estado avançado;
  • Contaminação sofrida por Radiação;
  • Cegueira;
  • Cardiopatia Grave;
  • Alienação Mental;

Como solicitar a isenção do Imposto de Renda 2017

Infelizmente, grande parte das pessoas isentas do Imposto de Renda 2017 simplesmente deixam de informar a Receita a sua condição e nem imaginam que tal falha pode prejudicar e provocar algum tipo de restrição em seu nome.

Para não correr mais risco, acesse esse link (http://www.planejamento.gov.br/assuntos/orgaos-extintos/formularios/formulario-de-requerimento-de-isencao-de-imposto) e baixe o “Requerimento de Isenção de Imposto de Renda”, preencha e envie para a Receita Federal.

Aplicativo do Imposto de Renda 2017

Para facilitar o preenchimento e envio da Declaração do Imposto de Renda, a Receita Federal libera todos os anos o programa específico, o qual é disponibilizado para diversos sistemas e plataformas.

No próprio site da Receita você encontra o programa mais recente do Imposto de Renda 2017. Na página inicial do órgão, procure por “Programas para Download” e verifique na listagem o “App IRPF”. Após clicar sobre ele, é só escolher o seu sistema operacional e fazer o download. Além do mais, você ainda pode realizar as seguintes ações:

  • Preencher e enviar a declaração do Imposto original dos últimos 4 anos;
  • Preparar o rascunho para a entrega da próxima declaração IRPF;
  • Acompanhar e verificar se existem pendências em sua declaração;
  • Verificar a situação dos débitos existentes no IRPF e gerar o DARF para a realização do pagamento e consequente quitação;
  • Consultar o chamado “Perguntão IRPF” que é um guia que contém perguntas e respostas sobre a declaração.

E, por fim, fique atento aos prazos, pois está previsto como data para entrega final das declarações o dia 29 de Abril de 2017. Não deixe para a última hora, comece a montar o seu rascunho desde já. Aproveite e deixe a sua curtida neste artigo clicando no ícone abaixo.

Jovem Aprendiz Guarulhos 2017

A situação para o jovem no Brasil não anda nada fácil, já que além da dificuldade de estudar e entrar em uma faculdade, devido ao limitado número de vagas em faculdades públicas e ao alto preço das Faculdades pagas, ainda se tem um número baixo de oportunidades para entrar no mercado de trabalho. Por isso, o Jovem Aprendiz Guarulhos 2017 é uma chance de ouro para os jovens de 14 a 24 anos que querem ter uma primeira oportunidade para trabalhar, independentemente de qual área for.

Jovem Aprendiz Guarulhos 2017
Jovem Aprendiz Guarulhos 2017 – Inscrições, vagas,

Esse programa Jovem Aprendiz Guarulhos faz com que as pequenas e medias empresas ofereçam 10% das suas novas vagas para jovens de uma determinada faixa etária, assim, a chance do primeiro emprego aumenta bastante.  Quer saber mais sobre o Jovem Aprendiz Guarulhos, então, continuem acompanhando esse texto e descubram tudo sobre esse programa.

Veja também:

Vagas Jovem Aprendiz Guarulhos 2017

Umas das maiores vantagens para quem conseguir ingressar em qualquer empresa que seja, por meio do programa Jovem Aprendiz Guarulhos são os benefícios oferecidos.

Já que por se tratar de uma função oferecida pelas empresas em parceria com o Governo Federal, todas as conquistas trabalhistas garantidas desde da época do Getúlio Vargas, como décimo terceiro salário, férias remuneradas, além de outras mais modernas, como o seguro saúde serão direitos dos jovens contratados.

Assim, além da experiência de trabalhar em grandes empresas, do currículo aprimorado, ainda tem essa questão financeira, de ter um salário mínimo e ainda esses direitos citados.

Dicas para o Jovem Aprendiz Guarulhos

É importante frisar que apesar de não ser exigido experiência para quem pretende ser um Jovem Aprendiz Guarulhos, o capricho no preenchimento do currículo é fundamental para garantir umas dessas vagas.

Por isso, revise bem o seu currículo antes de envia-lo para as empresas, veja se não tem nenhum erro de digitação, sem não há problemas de ortografia e se todas as suas experiências, como um trabalho voluntario, ser líder de algum evento estudantil, participar de atividades acadêmicas, enfim, todas as suas realizações, foram preenchidas, assim, a chance de você conseguir uma vaga aumenta bastante.

Salário Jovem Aprendiz 2017 Guarulhos

Vale lembrar que o participante do programa Jovem aprendiz tem direito a Bolsa Auxílio com valores de até 1 salário mínimo, mas não tem direito à salário. A diferença entre essas duas remunerações é que a bolsa auxílio não é uma remuneração paga pelas regras da CLT, e não corresponde à um vínculo empregatício efetivo.

Oportunidade no aeroporto de Guarulhos

Para quem pensa em ser um Jovem Aprendiz Guarulhos, umas das melhores oportunidades é trabalhar no Aeroporto Internacional de Guarulhos, já que esse local está com cinco vagas abertas para jovens entre 16 a 24 anos.

Além disso, é requisito obrigatório que o jovem ou esteja no Ensino Médio ou já tenha se formado, já que o aspecto mais importante do Jovem Aprendiz Guarulhos é justamente essa questão de manter o jovem estudando, mesmo enquanto ele trabalha. O Jovem Aprendiz Guarulhos irá trabalhar 4 horas no aeroporto, ou das 8:30 ao 12:30 ou das 13:30 até as 17:30.

Quem se interessar pelo trabalho no aeroporto de Guarulhos, deve mandar o currículo para o site https://site.vagas.com.br/PagEmpr.asp?e=gru e torcer para ser uns dos candidatos selecionados para a fase de entrevistas.

Jovem Aprendiz Santander 2017

Você que é jovem, não tem nenhuma experiência no mercado de trabalho e está preocupado com os rumos que o Brasil está tomando, pois, o desemprego somente aumenta e a crise econômica não deve arredar tão cedo, não pode deixar passar a chance de participar do programa Jovem aprendiz Santander 2017, já que ele oferece uma grande oportunidade para entrar no mercado de trabalho.

Jovem Aprendiz Santander 2017
Jovem Aprendiz Santander 2017

Se você estiver interessado nessa chance de trabalhar em uns dos maiores bancos do mundo, continue lendo esse texto até o final e saiba como se candidatar a uma vaga no Jovem aprendiz Santander 2017.

O que é o Jovem Aprendiz Santander

O Jovem aprendiz 2017 faz parte de uma lei Federal, a qual, instituiu que todas as médias e grandes empresas devessem ceder 5% das novas vagas abertas para jovens entre 14 a 24 anos.

Assim, o Jovem Aprendiz 2017 oferece vagas todos os anos para que os adolescentes, ainda sem nenhuma experiência no mercado de trabalho, possam ter uma primeira chance para se inserir e consigam uma grande experiência de vida.

Benefícios do Jovem Aprendiz Santander

O jovem que conseguir passar no processo seletivo e for selecionado para integrar o time do Jovem aprendiz Santander vai ter uma gama de vantagens. Primeiro, que ele irá receber um salário mínimo, o que, não atual situação do Brasil, já conta bastante.

Uma segunda vantagem são os benefícios que esse programa de ensino e carreira vai ter, pois, ingressando nesse estágio, ele terá direito a vale alimentação, vale cultura, vale transporte, além de um seguro médico pago pelo banco.

Mas, além da questão financeira, a grande vantagem de participar do Jovem aprendiz Santander é a experiência que esse programa dá.

Pois, o jovem aprendiz vai trabalhar ao lado de grandes gerentes, contadores, bancários e vai absorver em um ano, tudo o que ele poderia sobre como trabalhar em um banco, assim, mesmo que esse Jovem aprendiz Santander não seja efetivado, ele sai com uma bagagem enorme e com grandes experiências para colocar no currículo.

Veja também: as vagas oferecidas pelo Jovem Aprendiz 2017 no Rio de Janeiro – Valores, vagas e inscrições para o programa!

Inscrições no Jovem aprendiz Santander

Para participar desse programa, é necessário acessar o site do próprio banco Santander, no link, https://www.santander.com.br/br/o-santander/santander-e-voce/trabalhe-conosco, clicar no link inscrição estagiário e colocar o seu currículo.

Jovem Aprendiz santander 2017
Jovem Aprendiz santander 2017 – confira como se inscrever o jovem aprendiz

Lembre-se que por mais que não seja necessário ter uma experiência profissional, o currículo deve estar escrito sem nenhum erro e ser revisado, para que ele não seja eliminado logo em uma primeira lida pelo recrutador. Assim, capriche no preenchimento desse seu currículo para ter uma chance real de ser selecionado para trabalhar no Jovem aprendiz Santander e ter uma chance de ouro de mudar a sua vida.

Requisitos básicos para o Jovem aprendiz Santander

Os candidatos que se inscreverem no programa do Menor Aprendiz deve cumprir três requisitos básicos: O primeiro é que eles devem estar matriculados no Ensino Médio de uma escola pública ou já estarem formados, pois, o objetivo desse programa, é que ninguém saia da escola para poder trabalhar.

O requisito número dois é ter entre 14 a 24 anos, para poder ser selecionado e a última exigência é que você possa trabalhar seis horas por dia, assim, irá cumprir todas as suas tarefas sem nenhum problema.

Abono Salarial 2017

O abono Salarial 2017 é um benefício trabalhista essencial para muitos trabalhadores de baixa renda no Brasil, pois possibilita a integralização da renda do brasileiro através da distribuição de um salário mínimo anual, que ajuda muita gente a fechar as contas e pagar as dívidas. Esse benefício é pago através da Caixa Econômica Federal com recursos do MTPS, e possui o valor fixo em um salário mínimo.

PIS 2017
PIS 2017 – Calendário do PIS 2017, valor do PIS, quem tem direito, Caixa PIS

É importante que o trabalhador fique atento para as mudanças no calendário PIS 2017 para evitar de perder o praz de saque do seu abono salarial.

Calendário Abono Salarial 2017

O Governo Federal, junto com a Caixa Econômica, já estabeleceu o calendário desse benefício e ratificou o atraso nesse pagamento. Assim, ele começará a ser feito em julho de 2017 e somente terminará no mês.

Calendário PIS 2017
Calendário PIS 2017 – Tabela PIS de pagamento

Quem tem direito ao Abono salarial 2017

  • Para receber esse benefício, também chamado de décimo quarto salário, é necessário estar inscrito no Programa de Integração Social, (PIS) há pelo menos cinco anos, assim, você precisa ter trabalhado cinco anos com carteira assinada para ganhar o abano salarial 2017.
  • Além disso, outro requisito, a qual, é obrigatória para quem pretende ser agraciado com esse incentivo, é ganhar no máximo a média de dois salários mínimos mensais, assim, que receber mais de R$ 18.912,00 durante o ano (ou seja, dois salários mínimos por mês no máximo), acaba sendo descartado pelo Governo e não tem direito a esse incentivo.
  • Um terceiro aspecto que se precisa cumprir é trabalhar em uma empresa jurídica, ou seja, receber o seu salário por meio de uma empresa, essa é a razão, pela qual, as empregadas domésticas acabam ficando de fora desse direito social adquirido, já que a relação formal com essa classe trabalhadora se dá com pessoas físicas e não jurídicas.
  • Por fim, uma quarta obrigação que se tem que cumprir, para ter direito ao Abono Salarial 2017, é que a empresa em que você trabalhe, tenha enviado a relação anual de informações sociais (RAIS) dentro do período correto e com todas as informações preenchidas.

Quem cumprir esses quatro requisitos, está dentro dos parâmetros estabelecidos pelo Governo e ganha o direito a receber o abano salarial 2017 e assim, ter uma ajuda extra para manter as contas em dia ao final do ano.

Valor do Abono Salarial 2017

Para quem vai receber esse benefício, saiba que o valor instituído por ele, é o sempre o teto do salário mínimo, por isso, para o ano de 2017, o valor do Abono Salarial vai ser de R$946,00, caso esse pagamento seja atrasado e você o receba somente em 2017, essa cifra terá um aumento, de acordo com a elevação do salário mínimo.

Por isso, muita gente terá que esperar um tempinho para ter acesso a esse benefício e poder usufruir desse direito garantido na Constituição.

Como sacar o abano salarial 2017

Para conseguir fazer o saque desse incentivo é bastante fácil, basta ir a qualquer agência da Caixa Econômica Federal ou ainda a uma casa lotérica autorizada, com o seu cartão cidadão e o documento de identidade e efetuar o saque, o seu dinheiro já sai na sua mão, sem nenhuma demora e nenhum tipo de burocracia.

Licença Maternidade

A Licença Maternidade é um direito adquirido e imposto na Constituição de 1988, assim, todas as mulheres que pagam o INSS corretamente, acabam tendo esse benefício garantido em lei. Isso é importante, já que os primeiros meses de uma mãe junto ao seu bebe, acaba sendo fundamental para o desenvolvimento correto dessa criança, tanto no aspecto emocional, quanto ainda no quesito da saúde.

Licença maternidae
Licença Maternidade – Licença e auxílio maternidade

Isso acontece, pois, o leite materno dado direito de peito de uma mãe, é uns dos alimentos mais ricos e nutritivos que existem em todo o mundo, dando uma proteção especial e oferecendo todos os componentes que o bebe precisa para se desenvolver adequadamente.

Quem tem direito a Licença Maternidade

Para se adquirir a Licença Maternidade, é preciso apenas que no momento em que estiver grávida, a mulher esteja trabalhando e que todos os seus pagamentos junto ao INSS estejam corretos.

Essas são os dois únicos requisitos que o Estado exige junto as mulheres, para que elas tenham direito de ficar em casa, cuidando do seu bebe recém-nascido, sem correr riscos de sofrer uma demissão ou algum tipo de represália da empresa, na qual, se trabalha.

Essa licença estabilidade é de 120 dias a partir do nascimento do bebe, assim, você que vai ser mamãe, saiba que tem quatro meses para curtir o seu filhinho e dar os primeiros cuidados, já que, a partir do quinto mês, será necessário voltar ao trabalho.

Período de licença Maternidade

Existem algumas leis que já estão no Congresso Nacional, para serem discutidas, as quais, aumentam o período da Licença Maternidade de 120 dias, para 180 dias, ou seja, aumentando o tempo que a mulher descansa em casa e cuida do seu filho de quatro para seis meses.

Enquanto esses projetos não são votados, a período institucionalizado da Licença Maternidade é de quatro meses, nos quais, a mulher pode ficar em casa, recebendo o seu salário, sem risco de ser demitisse e cuidando do seu filho.

Quem paga a licença maternidade

Para as mulheres que possuem carteira assinada e ficaram grávidas, o salário maternidade é pago diretamente pela empresa nas quais elas trabalham. Esse valor é depois repassado pelo INSS a essas empresas.

Já para quem é dona de casa ou ainda autônomas o pedido da licença tem que ser feito diretamente na Previdência, que se encarregará dos pagamentos.

Salário maternidade

O valor da licença maternidade, também chamado de salário Maternidade, é igual ao salário líquido que a mulher recebe em seu emprego, caso ela tenha carteira assinada ou ainda seja uma empregada doméstica.

Além disso, é importante ressaltar que as donas de casa, as quais, não tenham trabalhado por um tempo, mas, mesmo assim, contribuem com o INSS, podem pedir esse salário maternidade ao Governo, ganhando o equivalente à sua contribuição.

Ou seja, se a pessoa contribui sobre o salário mínimo, recebe na licença um salário mínimo por mês, pelo período de quatro meses, que é o tempo igual as mulheres que trabalham e tiram a licença maternidade.

Salário Maternidade para desempregadas

As mães desempregadas também têm direito a sacar o salário Maternidade, desde que se enquadrem nos critérios estabelecidos pelo Ministério do Trabalho e Previdência Social (MTPS). Neste caso, porém ao invés do benefício ser pago pelo empregador, ele é pago pela própria Previdência Social.

Recadastramento Biométrico

Visando garantir uma maior segurança para as eleições municipais, as quais, ocorrem em novembro de 2016, em todas as cidades do Brasil, o Governo vem implementando desde do final de 2015 o recadastramento biométrico, ou seja, ao votar, a pessoa apenas coloca o seu dedo em um sensor que lê a sua digital e confirma a sua presença. Com isso, além de se evitar fraudes eleitorais. O que pouca gente sabe é que é possível evitar qualquer transtorno nos postos de atendimento do TER através do agendamento biométrico, para garantir o horário do seu atendimento e evitar as filas que se formam na última hora.

Recadastramento Biométrico
Recadastramento Biométrico

Fica mais fácil para o próprio eleitor comprovar a sua votação, estando assim regularizado junto a Justiça Eleitoral, aspecto fundamental para realizar diversas atividades, como por exemplo, prestar um Concurso Público ou ainda participar de uma licitação Governamental.

Confira também como obter o certificado de quitação eleitoral e prove que você está em dia com a justiça eleitoral.

Agendamento biométrico

Para facilitar a vida das pessoas que precisam realizar esse cadastramento biométrico, lembrando que ele além de ser gratuito, é obrigatório para todos os cidadãos, o Governo está realizando agendamentos, os quais, facilitam a vida de quem necessita realizar esse procedimento, já que evitasse pegar filas e esperar muito tempo para executar essa ação.

Realizando o agendamento do cadastro biométrico, você chega no momento marcado a um tribunal eleitoral ou ainda a um cartório ou posto do Poupatempo e já realiza o seu cadastramento, sem precisar perder tempo em uma longa fila, esperando ser chamado a sua vez.

Para realizar o seu agendamento é bem simples, basta entrar no site do http://www.tre-sp.jus.br/eleitor/agendamento-título-eleitoral-3 e preencher os dados, como o seu número de eleitor, seu nome completo, RG, Cadastro de Pessoa Física e endereço de votação.

Assim, vai aparecer as opções de data disponíveis para você realizar o seu agendamento, deve-se escolher aquela que mais lhe convém e pronto, basta imprimir o seu comprovante e ir aos cartórios eleitorais escolhidos, na data agendada.

Assim, você consegue efetuar a sua biometria e ajudar as eleições municipais a ficaram ainda mais seguras, evitando fraudes e qualquer outro tipo de irregularidade, em um momento importante de combate a corrupção, pelo qual, o Brasil atravessa.

Recadastramento Biométrico

Esse processo de recadastramento biométrico foi iniciado em 2008 e a intenção era de que ele fosse finalizado já para as eleições de 2018, com todos os eleitores devidamente cadastrados e aptos a votarem, apenas confirmando a sua digital.

recadastramento biométrico
Você já vez o recadastramento biométrico?

Porém, houve atrasos nesse planejamento e é pouco provável que até a eleição Presidencial de 2018, todos os eleitores estejam cadastrados, principalmente para as cidades menores, as quais, não possuem verba e nem equipe suficiente para realizar esse recadastramento, por isso, que essa previsão deve ser mudada.

Assim, apenas em 2020, para as eleições municipais dos prefeitos é que essa meta poderá ser cumprida, colocando assim mais um passo à frente na luta contra a fraude eleitoral e deixando o processo mais transparente, tanto para o eleitor, que vai ter um controle melhor da sua situação, tanto para as próprias apurações, as quais, vão ficar ainda mais seguro com esse sistema de recadastramento biométrico.

Certidão de Quitação Eleitoral

Umas das grandes discussões que o Congresso teve no ano de 2015, era sobre como a Reforma Política deveria ser feita e quais aspectos ela deveria englobar, inclusive, alguns Deputados e Senadores chegaram a sugerir que se retirasse a obrigação do voto, ou seja, deixasse a decisão sobre votar ou não para a própria população brasileira.

Certidão de Quitação Eleitoral
Certidão de Quitação Eleitoral – Como tirar pela Internet

Essa lei não foi aprovada e o voto continua a ser obrigatório no Brasil, por isso, que é de fundamental importância apresentar a sua certidão de quitação eleitoral. Esse é o documento que diz que você está regularizado junto à Justiça Eleitoral e assim, está com suas obrigações cumpridas.

É fundamentação manter bem guardado a sua Certidão de quitação eleitoral, já que sem esse documento, você acaba sendo impedido de realizar diversas ações simples como por exemplo, pegar um empréstimo. Para quem ainda não possui esse atestado, é importante providenciar um logo, veja como abaixo.

Como tirar a Certidão de quitação eleitoral

Existem duas maneiras de se retirar a sua certidão de quitação eleitoral, para que cada pessoa decida qual a maneira mais cômoda de fazer a retirada desse documento. Confira quais são essas duas maneiras abaixo:

  • Pelo site do Tribunal Superior Eleitoral: Uma primeira maneira de obter a sua certidão de quitação eleitoral é acessando o site http://www.tse.jus.br/eleitor/servicos/certidoes/certidao-de-quitacao-eleitoral e clicando em Li os termos e desejo emitir/validar a Certidão de Quitação Eleitoral. Depois desse primeiro passo, será necessário informar uma série de dados, como o Número do título de eleitor, o nome que costa no seu título, a sua data de nascimento e o nome do seu pai e da sua mãe.
certificado de Quitação Eleitoral
Página da Justiça Eleitoral destinada à Emissão do certificado de Quitação Eleitoral

Com esses dados, o próprio site já emite a sua certidão e você pode imprimi-la, para comprovar que você se encontra em dia com a Justiça Eleitoral.

  • Cartório: Uma outra forma de obter a sua Certidão de quitação eleitoral é indo até o cartório e apresentar o seu documento de identificação com foto e o seu título de eleitor, assim, caso sua situação esteja regularizada, o próprio cartório já vai emitir o seu título e você já deixa esse local com esse documento em mãos.

Para que serve a Certidão de quitação eleitoral

Essa certidão serve para demostrar que você votou ou justificou a ausência do seu voto nas últimas eleições e, portanto, está em dia com a Justiça Eleitoral do Brasil. Além do mais, essa certidão permite com que você possa realizar diversas atividades.

Por fim, assim como o certificado de reservista do serviço militar, a apresentação dessa certidão de quitação eleitoral é obrigatória em concursos públicos e editais federais. Ou seja, caso tenha o sonho de passar em um concurso, esse certificado é essencial para que você ao menos, possa se inscrever na prova e prestar os exames.

Documentos necessários para retirar a Certidão de quitação eleitoral

Para retirar essa certidão, não são exigidos muitos documentos e nenhum tipo de burocracia, apenas é necessário ao chegar ao cartório eleitoral, a apresentação do seu RG e do seu título de eleitor. Com esses dois documentos em mãos, já é possível retirar a sua certidão.

PASEP 2017

O Pasep é um benefício concedido pelo Governo Federal, aos trabalhadores do setor público que ganham no máximo dois salários mínimos mensais. É um abono salarial semelhante ao PIS, com a diferença que ele é restrito ao setor público, enquanto o PIS vai para o setor privado. Esse ano, o pagamento do PASEP 2017 tem algumas novidades, especialmente no calendário de pagamentos do PASEP 2017, por isso é importante que o servidor fique atento para não perder a data de saque de seu benefício.

PASEP 2017
PASEP 2017 – Valor do PASEP, calendário PASEP 2017, quem tem direito ao PASEP

Muitos brasileiros estão tendo como sonho maior de vida profissional, passar em um concurso público, seja ele qual for e assim ter uma estabilidade maior dentro de uma carreira de servidor público, ou seja, aquele que trabalha para o Estado.

Isso acontece pois, em grande parte dos casos, o trabalho público tem uma estabilidade maior do que o emprego privado e ainda garante alguns ótimos benefícios, como é o caso do Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público, mais conhecido em todo o Brasil por Pasep.

Calendário Pasep 2017

Para quem está esperando pelo Pasep 2016, o qual, será pago pelo Banco do Brasil, é bom se planejar, pois, o calendário desse incentivo já está disponível e inclusive, ele começa a ser pago já no mês de julho de 2016, por isso, os beneficiários que recebem nesse mês, devem ficar atentos a essa data de pagamento do benefício, para não o perderem, por não retirar esse dinheiro, no prazo estabelecido.

A data de pagamento do Pasep 2016 vai do dia 28 de julho de 2016, quando ele começa a ser feito, até o dia 16 de marco de 2017, quando acontece a liberação desse incentivo para os últimos beneficiários dele.

Tabela Pasep 2017

Lembrando sempre que esse benefício é pago de acordo com uma tabela, a qual, é feita pelo Governo Federal levando em consideração o número final cartão PASEP de cada servidor público credenciado.

Assim, quem tiver o final da inscrição do cartão PASEP o número zero, serão as primeiras pessoas a receber, ainda no mês de julho de 2016, mais precisamente no dia 28 desse mês.

Já para quem tem o cartão Pasep com final 8 e 9, acabam sendo os últimos a ganhar esse pagamento, tendo que esperar até o ano de 2017 para receberem esse dinheiro, devido ao atraso no calendário Pasep 2016, causado pela crise que o Brasil enfrenta.

Quem tem direito ao Pasep 2017

O benefício do abono salarial 2017 somente será pago aos servidores públicos que se encontrarem enquadrados em todos os requisitos rescritos abaixo:

  • Ter trabalhado no serviço público no ano anterior por pelo menos 30 dias, com carteiras assinada;
  • Ter pelo menos 5 anos de inscrição no PASEP;
  • Receber vencimentos mensais de até 2 salários mínimos mensais.

Valor do PASEP 2017

Assim como no caso do Abono Salarial PIS, o valor do PASEP 2017 é fixo em 1 salário mínimo, de acordo com o valor do salário mínimo no ano corrente.

  • Parcelas do PASEP liberadas em 2016 terão o valor de R$ 880,00;
  • Parcelas do PASEP liberadas em 2017 pode ter o valor de R$ 960,00;

É importante salientar que, como ainda não há divulgação do valor oficial do Salário Mínimo 2017, trata-se apenas de uma estimativa do valor do mínimo nacional 2017.

Consulta PASEP 2017

Para quem tem alguma dúvida quanto ao Pasep 2017, é possível realizar uma consulta sobre esse direito social de alguns trabalhadores públicos possuem tanto no site do Banco do Brasil, quanto na agência.

Para realizar essa consulta no site, é necessário acessar o link PASEP BB, preencher o número do seu Pasep e ainda a sua senha eletrônica. Caso ainda não tenha uma senha, basta criar uma e depois realizar o seu login.

Para quem prefere realizar a consulta por meio de uma agência bancária, basta passar em um estabelecimento, com o número do seu cartão cidadão e o seu documento, para que o funcionário da Caixa possa te ajudar, te informando tudo sobre o Pasep 2016, como o seu saldo e outras informações importantes.