Seguro desemprego 2017



O Brasil é um dos países que mais presta assistência a sua classe trabalhadora, embora o salário mínimo não seja tão ideal quanto gostaríamos. O trabalhador brasileiro possui acesso a inúmeros benefícios, como abono salarial, décimo terceiro e, principalmente, seguro desemprego. Este último benefício trata-se de um dos direitos mais importantes para o trabalhador, pois é ele quem custeará as despesas da residência enquanto o trabalhador busca outro vínculo empregatício. Então, quer saber um pouco mais sobre o seguro desemprego 2017? Leia o artigo abaixo!

Seguro Desemprego 2017

Seguro Desemprego 2017 – Valor, Quem tem direito, habilitação, Como Solicitar

Novas Regras Seguro Desemprego 2017

No ano de 2016, o seguro desemprego sofreu algumas mudanças que podem confundir a cabeça de alguns trabalhadores. Portanto, é preciso que tenha bastante atenção no momento em que estiver fazendo os cálculos para saber se tem direito ao seguro desemprego.

As mudanças no seguro desemprego foram focadas, principalmente, no período de labuta do trabalhador. Agora com as novas regras, para solicitar a primeira vez, é preciso que tenha trabalhado 18 meses sem interrupções. Antigamente, era precisa apenas 6 meses para poder solicitar o benefício.

Já na segunda solicitação do seguro desemprego é necessário que tenha trabalhado, no mínimo, 12 meses sem interrupções e comprovado. Antes, bastava apenas 6 meses.

Quem Tem Direito ao Seguro Desemprego

Após conferir as mudanças nas regras, você deve ter em mente quem tem direito ao seguro desemprego. As classes descritas abaixo são as que possuem direito ao benefício, portanto, se você não se adequa a nenhuma das quatros opções, não possui acesso ao seguro desemprego. Lembrando que o solicitante do seguro desemprego 2017 não pode ter outra fonte de renda, como, por exemplo, participação em empresas.

Quem tem direito ao seguro Desemprego

Quem tem direito ao seguro Desemprego? Confira a seguir

  • Trabalhador formal demitido sem justa causa, que não tenha solicitado o Seguro Desemprego nos últimos 16 meses;
  • Trabalhador resgatado em condição similar à de escravo;
  • Pescador profissional durante o período do defeso;
  • Trabalhador formal e doméstico, em virtude de demissão sem justa causa;
  • Trabalhador formal com contrato de trabalho suspenso em virtude de participação em curso ou programa de qualificação profissional oferecido pelo empregador.

Agendamento Seguro Desemprego

Para que seja atendido no Ministério do Trabalho mais próximo de você, é preciso que faça o agendamento do seguro de desemprego. Trata-se de uma forma simples e prática de economizar tempo, além de evitar as filas gigantescas que se formavam antigamente nas sedes desse órgão. Em alguns casos, o MTE só atende quem solicita o agendamento pelo site. Portanto, para agendar o seu seguro-desemprego, você deve seguir os seguintes passos.

  1. Acesse o site do MTE pelo seguinte endereço eletrônico: http://saaweb.mte.gov.br/inter/saa/pages/agendamento/main.seam.
  2. No site, você deverá preencher algumas informações do agendamento, tais como: estado, munícipio e o tipo de atendimento (no caso, recurso seguro desemprego). Ao fim do preenchimento dessas informações, você deve preencher o código de segurança e clicar em prosseguir.
  3. Nesta outra página, o sistema informará a lista de unidades espalhada pelo munícipio escolhido para atendimento. Após verificar a lista de unidades e escolher qual deseja ter o atendimento, você deve ir em ações e clicar no calendário para marcar o dia e o mês. Então, você deverá escolher o dia, de acordo com a disponibilidade do calendário, e, logo depois, o horário de atendimento.
  4. Após a escolha do dia e hora, você deverá informar o cadastro de pessoa física, data de nascimento e telefone para contato. Mais uma vez, você deverá reproduzir o código de segurança que está exposto na imagem. Ao terminar este processo, você deve clicar em ‘agendar’.

Seguro Desemprego para Empregada doméstica

Seguro Desemprego 2017 Empregada Doméstica

Seguro Desemprego 2017 Empregada Doméstica

Sim, segundo a nova lei das domésticas, as empregadas têm direito ao seguro desemprego, desde que sua carteira tenha sido assinada no último emprego. Para solicitar o benefício são necessários ps seguintes documentos:

  • CTPS (Carteira de Trabalho)
  • Termo de rescisão do contrato de trabalho (Dado pelo antigo empregador)
  • Declaração que prove o não recebimento de benefícios Sociais (Dado em postos de atendimento da Previdência Social)
  • Declaração de que não possui renda suficiente para sustento próprio e da família.
Avalie:
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (13 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

Responder