Idiomas Sem Fronteiras Inscrição



A língua é uma grande barreira para muitos dos estudantes que desejam estudar nos intercâmbios internacionais oferecidos pelo programa ciência sem fronteiras. Muitos dos estudantes, principalmente da graduação, não tiveram oportunidade de aprender um idioma antes de ingressar no ensino superior, então pensando nisso, o governo federal e o Ministério da educação instituíram em 2014 o Programa Idiomas Sem Fronteiras (IsF).

Programa Idiomas sem Fronteiras

Programa Idiomas sem Fronteiras

Objetivos do Programa

O programa é uma nova oportunidade que surgiu os estudantes do ensino superior que queiram atuar no Ciências sem Fronteiras. Ele proporciona oportunidade de acesso ao Ciências sem Fronteiras e outros programas de intercâmbio em países em que o idioma de ensino não é o Português.

Além disso, o programa busca formar e capacitar professores, estudantes e corpo administrativo de instituições de ensino superior de todo o país para que estes estejam também aptos a receberem intercambistas internacionais do Ciências sem Fronteiras. Também espera-se que os professores da rede pública que ensinem idioma sejam contemplados pelo programa.

Idiomas oferecidos

Inicialmente o programa oferece os idiomas Inglês e Francês para brasileiros, e português para estrangeiros. Na área do ensino de inglês, também conhecida como Inglês sem Fronteiras, os cursos de inglês funcionam tanto para o ensino do idioma quanto para o aperfeiçoamento do idioma. Na área do Francês, é oferecido o curso integral de Francês, para capacitação de estudantes que queiram participar do Ciências sem Fronteiras em países que usam o idioma.

A duração de cada curso vai depender da proficiência do aluno, que é avaliada antes da matrícula em cada turma. Para alunos com baixa proficiência no idioma desejado, serão oferecidas aulas em cursos intensivos, com até 4 horas semanais, e para alunos com maior proficiência, haverá cursos de 16, 32, 48 e 64 horas, dependendo da proficiência e do objetivo que o aluno deseja alcançar no idioma.

Quem pode participar

Inicialmente o programa será oferecido aos estudantes do ensino superior na graduação e pós graduação strictu senso. Inicialmente o programa atenderá a 5 perfis de estudantes, embora não se descarte que no futuro se amplie esse quadro:

  • Alunos de cursos de graduação de instituições privadas que tenha nota superior a 600 pontos no ENEM a partir de 2009 poderão participar do IsF através do MEO (My Inglish Online);
  • Alunos de cursos de graduação de instituições públicas federais de ensino que possuam Núcleo de Línguas terão acesso a todas as áreas do Programa Idioma sem fronteiras: Acesso ao MEO, cursos de idiomas presenciais, participação em exames de proficiência em línguas, entre outros;
  • Alunos de cursos de graduação de instituições públicas de ensino não federais também poderão ter acesso ao curso de inglês online, desde que estejam vinculados ao Ciência sem fronteiras através de editais, ou outros programas do Governo de promoção de intercâmbio internacional;
  • Também é possível aos alunos da pós-graduação stricto sensu participarem do Idiomas sem Fronteiras. Serão aceitos tanto estudantes vinculados a instituições públicas quanto particulares, desde que credenciados pela CAPES;
  • A CAPES e o CNPq também permitirão aos candidatos do Ciência sem fronteiras e outros programas de intercâmbio do governo a realização gratuita de exames de proficiência.
Avalie:
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

Responder