Desaposentação INSS: O que é a Desaposentadoria



Os brasileiros trabalham, em média, de 30 a 40 anos antes de pedir o benefício da aposentadoria que é concedido pela Previdência Social. Mas, como se sabe, quando o trabalhador se aposenta ele não continua recebendo o mesmo valor que estava acostumado a ter como salário, mas passa a receber o valor menor.

Desaposentação INSS

Desaposentação INSS – Tudo sobre a desaposentadoria do INSS

Deste modo, é comum encontrar pessoas que mesmo tendo o direito adiam a dar entrada na aposentadoria e alguns outros resolvem pagar uma previdência privada, para garantir um melhor benefício após a concessão da Previdência.

Recentemente, um assunto voltou à tona: a desaposentadoria. O caso já chegou ao STF (Supremo Tribunal Federal) que pretende abrir a votação sobre o assunto em breve. Enquanto isso, você confere neste artigo todas as informações importantes sobre a desaposentação. Confira!

O que é Desaposentação INSS?

A desaposentação se refere à possibilidade que um aposentado tem de renunciar a aposentadoria para voltar a trabalhar normalmente como qualquer outro trabalhador. Até o momento, a aquisição da aposentadoria é um processo irreversível que não permite cancelamento.

Desta forma, com a aprovação da desaposentadoria o aposentado poderá retomar ao mercado de trabalho e executar atividades remuneratórias com direito ao registro em Carteira de Trabalho.

Esta é uma alternativa que chama a atenção de milhares de aposentados que veem nesta perspectiva a oportunidade de melhorar o valor da aposentadoria. Vale lembrar que o teto do benefício é de atualmente R$ 4.663,00.

Em outras palavras, através da desaposentadoria o aposentado poderá aumentar o valor do seu benefício que lhe dará maior tranquilidade e segurança financeira.

O que significa a Pontuação para Aposentadoria?

É um modelo proposto pelo governo que também é conhecido como 85/95 e que se refere ao acréscimo de um ponto para cada ano trabalhado e assim o contribuinte pode adquirir a sua aposentadoria. De acordo com esta proposta, o benefício a ser recebido é total desde que:

  • As mulheres alcancem 86 pontos e os homens 96 para se aposentarem em 31 de dezembro de 2018;
  • Se as mulheres alcançarem 87 pontos e os homens 97 pontos poderão se aposentar em 31 de dezembro de 2020;
  • Se as mulheres alcançarem 88 pontos e os homens 98 pontos poderão se aposentar em 31 de dezembro de 2022;
  • Se as mulheres alcançarem 89 pontos e os homens 99 pontos poderão se aposentar em 31 de dezembro de 2024;
  • Se as mulheres alcançarem 90 pontos e os homens 100 pontos poderão se aposentar em 31 de dezembro de 2026.

Qual a finalidade desse sistema de pontuação?

Como se sabe, a população brasileira está envelhecendo e, com isso há o aumento de despesas para a Previdência Social. Desta forma, o Governo deve estudar e propor medidas como essas para solucionar o problema, caso contrário, a autarquia será muito prejudicada com a conta grande para arcar.

Por outro lado, a desaposentadoria não é um assunto novo e precisa ser estudado e votado o quanto antes, mas a demora para esta resolução é ainda motivada pelos diversos fatores e detalhes que precisam ser discutidos e analisados para que, em uma provável aprovação no STF venha realmente a contribuir com a sociedade e possibilitar ao Governo fazer as arrecadações necessárias para custear os benefícios.

A qualquer momento novas informações poderão surgir. É só seguir o blog para saber de tudo em primeira mão. Cadastre o seu e-mail e receba nossas melhores dicas gratuitas.

Avalie:
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

Responder