Comprovante de Renda



O comprovante de renda é um documento muito importante para o cidadão brasileiro, que serve, por exemplo, para abrir uma conta no banco, comprovar algo juridicamente, comprar um carro ou um imóvel parcelado ou ainda contratar serviços financeiros, como empréstimos, por exemplo. Apesar de não ser um documento a ser usado no dia a dia, como é o caso do número do CPF e do RG, ainda é um documento essencial para diversas operações importantes, por isso é importante entender como esse documento funciona, e quais papeis podem ser aceitos como comprovantes de renda. Confira a seguir.

Comprovante de renda

Comprovante de renda

Assim, por mais que não seja usado no dia a dia das pessoas, o comprovante de renda, acaba tendo uma grande importância, por isso, é necessário que se saiba como tirá-lo e quais são os passos burocráticos para isso.

O que é o comprovante de renda

O comprovante de renda é um documento que ateste o quanto você ganha por mês ou por ano, a depender do período solicitado em sua ação. Esse documento pode ser de várias maneiras, como por exemplo, um holerite, que é o documento que mostra de quanto é o seu salário.

Além desse, pode ser tambem o seu extrato bancário ou, mais comum, a sua declaração do imposto de renda, que acaba sendo o atestado mais usado para quem precisa, por alguma razão específica, comprovar a sua renda e mostrar que os valores afirmados são reais.

Quais os tipos de comprovante de renda disponíveis

Algumas pessoas, as quais, não possuem um trabalho fixo e atuem, por exemplo, como freelancer, podem comprovar suas rendas por meio dos seus documentos emitidos por uma empresa, nos casos em que elas atuem como PJ. Dessa maneira, acaba sendo essencial que se guarde todos os comprovantes corretamente, para que, nos casos mais explícitos, se consiga executar essa comprovação sem nenhum tipo de problema ou burocracia.


Carteira de trabalho

Carteira de Trabalho Comprovante de renda

A carteira de trabalho (CTPS) pode ser usada pelo trabalhador para comprovar a sua renda. Para esse fim entretanto, é necessário que a mesma esteja com os dados atualizados, para garantir que o valor descrito seja aceito como comprovante de renda válido.


Contracheques

Contracheque comprovante de rendaPara o trabalhador assalariado em regime de CLT, outra maneira de comprovar a renda mensal é através dos contracheques de pagamento do salário. A maioria das instituições cobra que sejam apresentados os últimos 3 contracheques para comprovação da renda.


Comprovante de pagamento INSS

Extrato INSS comprovante de rendaAlém disso, para quem é aposentado, o comprovante de renda pode ser o próprio extrato da aposentadoria, emitido pelo INSS. Com isso, facilita-se essa comprovação, já que cada pessoa tem o seu próprio trabalho e acabam ganhando sua renda de diferentes maneiras.


Declaração de imposto de renda

Declaração de imposto de renda comprovante de rendaSe o cidadão tem outros métodos de renda mensal, como renda por aluguel, rendimentos de poupança ou por fundos de investimento, será necessário comprovar a renda através da declaração de ajuste anual do imposto de renda do ano anterior.

  • Saiba como funciona a Declaração do imposto de renda 2018 e veja quem tem direito a restituição do imposto.

Extrados de aplicações financeiras

Extrato de aplicação financeira comprovante de rendaOs extratos de aplicações financeiras também podem ser utilizados para comprovar a renda no caso da renda de fundos de rendimento e de aplicações bancárias. Os extratos podem ser solicitados no banco, ou pela internet.


Lembrando que como qualquer tipo de documentação, esse comprovante deve ser original e em seu nome ou ainda no nome de alguém da família, caso for uma compra em conjunto com um conjugue, por exemplo.

A apresentação de um falso comprovante de renda, além de negar qualquer negócio, pode ser crime, pago por multa, ou em casos de falsificações mais graves, até mesma a prisão.

Veja também:

Por isso, caso não tenha uma renda suficiente, de acordo com o padrão estabelecido por uma determinada instituição, o melhor a se fazer é conversar e tentar explicar, que mesmo sem conseguir comprovar a renda, irá se conseguir pagar o débito em aberto, com algum tipo de economia ou ainda novos negócios que estarão a surgir.

O importante, nesse caso especifico, é nunca tentar enganar com um comprovante de renda falso, já que isso acaba sendo crime e pode cancelar o negócio.

Avalie:
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

Responder