Aumento Salário Mínimo 2017 – Reajuste



O Salário Mínimo 2017, como o seu próprio nome indica, é o piso salarial que os trabalhadores devem receber pela execução de suas atividades profissionais. E, como tal, serve de base, para estipular o valor que outros profissionais (que não recebem o mínimo) devem ganhar.

Todos os anos, o salário sofre um reajuste para que possa manter o poder de compra do trabalhador. Neste ano de 2017, o aumento Salário Mínimo foi maior do que nos anos anteriores, pois foi registrado um aumento significativo em seu salário. Desde o dia 1º de Janeiro, o trabalhador recebe R$ 937,00 enquanto em 2016 recebia o salário de R$ 880,00. O reajuste do novo valor do mínimo é de 11,6% em relação ao ano passado.

aumento-do-salario-minimo

Reajuste do Salário Mínimo

Muitas pessoas até se surpreenderam com o reajuste, mas o valor foi calculado com base na inflação prevista em 2016. Em contrapartida, a inflação é medida pelo INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor) mais a variação do PIB (Produto Interno Bruto).

Em outras palavras, o reajuste do salário mínimo é fruto do movimento da economia nacional e um acaba refletindo no outro. As variações econômicas geram o reajuste salarial e o aumento deste reflete na precificação de produtos e serviços no mercado.

Qual é o impacto do aumento do salário mínimo?

Primeiro se deve mencionar a Previdência Social que, entre várias atribuições, é responsável pelo pagamento de pensões e aposentadorias, além de benefícios como o PIS, Seguro Desemprego e programas de assistência social como o Bolsa Família.

Desta forma, a Previdência sofre maior impacto, já que 70% das pensões e aposentadorias são de um salário mínimo e assim, com o reajuste, o gasto previdenciário passou de R$ 438,971 bilhões para R$ 488,579 bilhões, ou seja, um aumento de aproximadamente 50 bilhões de reais.

Salário Mínimo 2017

Salário Mínimo 2017

Por outro lado, milhares de brasileiros ganham um salário mínimo para exercerem suas atividades profissionais e, até aqueles considerados autônomos ou liberais prestam serviços baseados no valor do salário mínimo. Com o reajuste salarial, o preço de mercadorias, serviços, gás de cozinha, transporte público entre outros também aumentam os seus valores como forma de acompanhamento.

Todavia, desde 2003 a política econômica brasileira passou a valorizar o salário mínimo com o objetivo de erradicar a pobreza extrema que, por décadas, vem sendo um dos grandes desafios. Deste modo, a projeção para o próximo ano é de que o salário seja reajustado para R$ 910, já em 2018 estima-se algo em torno de R$ 958 e, em 2019, R$ 1.020.

Salário Mínimo 2017

A adoção do salário mínimo 2017 é uma forma de medir o valor que um profissional deverá receber pelo trabalho prestado. Como se sabe, mesmo com o reajuste, ele não arca com todas as despesas básicas de uma pessoa, ainda mais quando é exatamente esta que sustenta uma família.

Se não houvesse a estipulação do valor mínimo que o trabalhador deve receber, o mesmo poderia ser alvo fácil para a exploração desmedida de suas atividades. É por isto, que nenhum trabalhador, por lei, deve receber menos do que um salário mínimo vigente.

Por fim, existem linhas político-econômicas que defendem ou se opõem a existência do salário mínimo, mas o mesmo já existe no Brasil desde a década de 1930. E você, o que acha do valor do salário mínimo? Deixe a sua opinião nos comentários abaixo. Até mais!

Avalie:
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

Responder